Cultura em Macaé

Menino ou Menina?

Quando declaramos o terceiro lugar conquistado pela inebriante Michele Ribeiro, sobraram 2 grandes craques no palco: Anne Alves e Aldo Lopes. A família está em alta no Papo Fest.

Sete grandes artistas se apresentaram na noite de ontem no The Voice Macaense. Seis sobreviveram. “O Papo Fest perdeu um pouco da sua alegria”, confessou Guilherme Kroll, editor-chefe do Portal Cultura em Macaé e apresentador oficial do evento, se referindo a eliminação da performática Ediny Ferreira, que finalizou na sétima colocação na soma das notas dos jurados. “Sua interpretação de Feira de Mangaio no primeiro round ficará na memória afetiva de todos. Ontem, um desfile de craques. Ela não sobreviveu. Até porque foi sua atuação mais contida. O Papo Fest é um grande show. Tivemos mais uma noite de casa lotada, colorida e interativa”.

A grande campeã da noite foi Anne Alves, que cantou Beyoncé mais uma vez. “A Anne proporcionou mais um fervor na história do Papo Fest. Provou que também é uma grande campeã. Trouxe ‘The Beautiful Ones’ do Prince, na versão Beyoncé. Escolheu a forma mais difícil para se apresentar e arrebentou. Além disso, descobrimos que ela está grávida. O Aldo brincou dizendo que foi injusto. Eram 2 cantando. A verdade é dessa vez ela superou seus problemas e ensaiou com a Black Doze. Eu já sabia o que iria acontecer. Ela comprovou que não fica devendo nada para ninguém”, explicou Kroll.

“O Aldo Lopes segue com sua performance sambista. Manteve seu histórico de pódios na competição. Mais um grande show na apresentação de ‘O Bêbado e o Equilibrista. É outro grande favorito no Papo Fest.

Outra que não sai do pódio é a Michele Ribeiro. Ontem, trouxe uma das músicas mais deliciosas do concurso. ‘Velha e Louca’, da Malu Magalhães. Semana passada, cobri um show da Banda Melim. Fiquei empolgado ao ver tanta doçura. A Michele reviveu tudo isso. Ainda bem que não sou diabético.

Esse é o grupo que apresentou maior equilíbrio. Três campeões alternados. A Michele venceu o primeiro round. O Aldo, o segundo. Ontem, a Anne. O Papo Fest agradece. Tenho certeza que faltará lugar na grande final em dezembro.

A dupla sertaneja Maurício e Eliezer também demonstra um altíssimo nível. Ontem subiram o tom e interpretaram ‘Romaria’, versão Daniel. Foi emocionante. Levantou a casa. O honroso quarto lugar foi por diferença mínima de pontuação.

Simone Marques apresentou uma bota vermelha super estilosa e ‘Como Nossos Pais’, versão Elis Regina. Vocês estão vendo? Eu disse Elis Regina. Pois é! Aqui é Papo Fest! Ninguém pega leve. Cantar Elis Regina não é para qualquer um. A Simone mandou muito bem, soltou a voz e terminou num excelente quinto lugar.

A catarse da noite ficou por conta da Neila Arcanjo. Ela encarnou ‘Não Vou Ficar’, versão RC na Veia, fêz uma DR no palco, exorcizou seus fantasmas e acabou ficando. Foi mais uma apresentação memorável… mas ela passou do ponto e permitiu que a raiva agredisse alguns tons. Sobrou até para a super Banda Black Doze. Ainda bem que ela não cantou tocando violão. Ele não sobreviveria. Falando em ódio… sinceramente, odiaria a ideia de que alguma mulher, algum dia, cantasse essa música inspirada em mim.

Ediny Ferreira foi eliminada. O Papo Fest perdeu um pouco da sua alegria

Juradas Super-Poderosas

Amanda Amado e Nanny Sanfer

O super baterista Daniel deu um show cantando balada romântica

Anne Alves

Kroll num momento selfie com Nanny Sanfer

Aldo Lopes

Andréa Martins, nosso ‘Furacão Descalço’, e Nanny Sanfer

Rander Mansur encantou enquanto os jurados somavam as notas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shop giay nuthoi trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautiful