Cultura em Macaé

O Campeão Voltou

Tenho formação em Comunicação Social (Jornalismo), Psicologia, Marketing e… Educação Física. Podem acreditar!

Me formei em Educação Física há 30 quilos atrás.

Outra coisa, sou atleta emérito de basquete no Botafogo. Já frequentei as melhores academias do Brasil. Como dirigente, convivi com os mais conceituados preparadores físicos do país. A vida me engordou. A necessidade de ingerir gordura e bebida alcólica veio com a idade. Confesso que me entreguei. E o espelho andou me castigando. A obesidade também.

Só que sou highlander! Tracei metas. Agora, vou dobrar as metas. Só não vou concorrer ao Senado por Minas Gerais.

Gastei muito dinheiro com médicos ortomoleculares e suas fórmulas maravilhosas. Fui cliente assíduo das farmácias de manipulação. Haja sibutramina!

Só que, de repente, conheci a Hinode.

Comecei com o chá + de limão. Ele possui, na sua fórmula, guaraná, gengibre… e pó de pirlimpimpim.

Depois vieram os shakes. Morango, acrescido de moranguinhos. Chocolate, com levedo de cerveja. Banana sem lactose, com banana prata. Minha fome desapareceu. A vontade de ingerir gordura, também.

Quando a coisa começou a ficar boa… surgiu um novo lançamento da Hinode: cápsulas de café verde. Duas por dia. Levanta geral.

Para complementar, bebo 2 tipos de cafés: slim (que é para secar meu corpinho) e immunity (que não me deixa ficar gripado).

E ainda tem os energéticos sem açúcar, que só uso quando vou dirigir.

Sabem a consequência disso tudo?

Voltei a malhar. Me matriculei na Infinity, na Praia dos Cavaleiros, e estou amando. 40 minutos de aeróbica (no meu tempo se escrevia assim)… e duas séries alternadas de musculação. Diariamente. Nessa academia não tem domingo, nem feriado. Só fecham no Natal (acho que esse é o motivo do Papai Noel ser tão roliço).

Motivado em voltar a ter músculos decentes, acrescentei alguns ingredientes Hinode à minha nova dieta. Creatina e um composto Pré-Treino estão me ajudando a queimar mais rápido. Semana que vem, acrescentarei BCAA.

Já estou me sentindo outro homem. A preguiça sumiu.

E olha que trabalho cobrindo a noite. Como estar perto do Rander Marsur, com tanta sofrência, e não se entregar à uma cervejinha? ou duas cervejinhas? ou um balde de cervejinhas?

Como ir na inauguração da Hopgarden e não beber uma cerveja de goiaba?

Como apresentar o Papo Fest e não ingerir uma Devassa estupidamente gelada?

Estou pensando em tomar antibiótico. Não tenho nenhuma doença mas, pelo menos, terei desculpa para tomar água mineral.

Brincadeiras a parte, minha cerveja eu não largo. A combinação Hinode + Infinity + Devassa tem que funcionar.

O resultado, passo a passo, dessa novela, vou contando por aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shop giay nuthoi trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautiful