Cultura em Macaé

Grupo da Vida

Guilherme Kroll

Ontem foi o ensaio geral do Grupo da Vida. Quarta-feira passada, conforme previsto, tivemos a melhor noite do Papo Fest 2018, até agora. Casa lotada, emocionada, colorida e consumindo. Sempre lembrando que ninguém deve ocupar mesas dos clientes usuais do Papo Furado sem consumir.

Foi o início da Fase Semifinal. Vinte e quatro concorrentes foram divididos em 2 grupos de 12. Tudo por sorteio. Acontece que 6 craques vencedores das noites preliminares caíram no mesmo grupo. Teve gente batizando de ‘Grupo da Morte’.

“Se eles formam o Grupo da Morte, nós compomos o Grupo da Vida. Não faltará energia, brilho e competência para os 12 candidatos dessa quarta-feira (31 de outubro)”, exclamou Neila Arcanjo, nossa Rita Lee, que nunca me irrita ali, que dessa vez irá trazer ‘Você Pra Mim”, incorporando Fernanda Abreu, no seu primeiro CD solo, ‘Sla Radical Dance Disco Clube’, 1990. Neila, o que eu quero é você para mim. Penso que tem dupla sertaneja de sapos beijoqueiros do Sana pensando em cantar essa música.

Por falar em Fernandinha… que saudades da Blitz! Fernanda Abreu, definitivamente você não soube me amar…

Por falar em dupla sertaneja, coincidentemente, vou falar agora de Maurício e Eliezer. Eles estão trazendo “Bica D’Água’, de Irídio e Irineu.Vocês não estão ligando o nome as pessoas? Então tá! “Bica DÁgua”, de Lourenço e Lourival. Ainda não? Vamos lá… “Bica D´Água”, de Daniel e Raul Gil. Agora todos sabem quem é.

Aliás, ando apaixonado pelo Raul Gil. Seu programa do SBT é imperdível. O  ‘Show de Calouros’ é uma grande aula. O quadro que tiram o chapéu é imperdível. Sábado passado, o Raul Gil recebeu o Silas Malafaia… que deu uma aula sobre a história recente política brasileira. Isso sim é história honesta e corajosa. História verdadeira para uma juventude resistente, refém de pseudos professores universitários apavorados.

Voltando à música, vamos nos deliciar numa bica d’água? é lá que se arruma namorada. Só que se seu pai descobrir, o amor se complica.

A primeira candidata a se apresentar amanhã… foi a última a ensaiar ontem. “Logo Eu”, de Jorge e Mateus, funcionou na sua voz. Apesar do Papo Fest ter patrocínio máster da Devassa… essa música será muito bem-vinda!

Ela fêz parte da parceria de Jorge e Mateus… com a Bavária.

Surpreendente provar… do que eu só ouvi falar… e você resolveu me mostrar. Eu só preciso viver… o resto dessa vida com você. Claudinho Midão! se vira! quero apresentar essa música bebendo Bavária. Não digo que será pelo resto dessa vida mas, pelo menos, até o final dessa música.

Depois da Val, vem a Neila. Após a Neila… vem ele, senhores! O que foi o ensaio do Osvaldo, ontem? A super Black Doze ficou umas duas horas acertando o arranjo de “Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim”, da Ivete. Mas valeu a pena! Ficou demais. Ninguém ficará na escuridão. O Osvaldo vem para ganhar a noite. Só penso que poderíamos mudar o nome da música: “Se Eu Não Ensaiasse Tanto Assim”.

Por falar em triturar a Black Doze, após o Osvaldo… Camile Fonseca! Ela não escolhe nenhuma música facinha… Dessa vez, simplesmente “Maria, Maria”, do Milton Nascimento. Só sei que é preciso ter força, ter raça, ter gana, ter manha, ter sonho e ter graça para derrotar a Camile. Ela posiciona seu bebê em frente ao palco… e ele rege a orquestra. O melhor mini-baterista do Brasil já entende muito de música. O Hiata só torce para que, quando realizarmos o primeiro Papo Baby Fest, ele selecione músicas menos complicadas. Acompanhar a Camile é sempre um grande desafio.

Após a Camile, o Alexandre, nosso Bello. Dessa vez, ele interpretará Ferrugem, com ‘Sinto Sua Falta”. Na sua última apresentação no Centro de Convenções, o Ferrugem subiu no palco às 5 da manhã. Isso traumatizou. Realmente, senti sua falta na hora estabelecida. Com o Alexandre isso não acontecerá. Ele dará um show, no horário combinado, com todos os seus defeitos tão perfeitos.

Entre os ensaios… uma super-apresentação do baterista Daniel… nos teclados. Ele toca a marcha fúnebre como ninguém. Acho que estava ensaiando para a hora do anúncio dos eliminados de amanhã.

Voltando aos nossos cantores, pára tudo! Chegou a hora da Rihanne…

Anne encantando com Rihana. “Stay”. Anne, stay with us. Sabe o que é? Não tenho muita certeza de como me sinto quanto a isso. É algo no modo como você se mexe… e canta. Você é uma das que personifica bem o grupo da vida.

Céu ou inferno? 10 ou zero? Agora vem Luciano Eddy com “Evidências”, de Chitãozinho e Xororó. O Luciano, ontem, estava super gripado e chegou a anunciar no nosso grupo de zap que iria desistir. A Neila falou docilmente: “Porra!”. Só sei que ele pegou sua moto e veio ensaiar. Fiz uma live dele no facebook e muitos elogios quentes foram captados. Ele é bom demais. Luciano, presta atenção, mais Xoroxó e menos Chororô… Emocionou a todos, mesmo errando detalhes da letra de uma música que todos conhecem e cantam. Porra, ninguém fala tipos e faz coisas que não é.

Conheço muito sobre isso. Tenho certeza de que teremos, amanhã, uma apresentação de um grande campeão. Evidente, porra! Acho que incorporei a doçura da Neila.

Por falar em doçura… temos dito que a doce Michelle sabe escolher seu repertório. Na última apresentação, sua velha louca fêz com que eu escutasse essa música, em casa, ininterruptamente. Teve gente até dizendo que essa música foi inspirada na Neila e na Val. Que maldade! Isso só pode ser coisa do Douglas.

Dessa vez, uma enorme surpresa. Ela, ontem, soltou a voz com Adelle. “Rolling In The Deep”. Ela saiu completamente da zona de conforto. E me deixou completamente confortável. Inesquecível. Sem perder a doçura. Incrível.

A décima apresentação será da Rose Paixão. “Máscara”, da Priscila Novaes Leone, ou Pitty. A baiana Pitty. Essa música tem uma parte em inglês. Bastante ousada. Será que a apaixonante Rose também quebrará paradigmas? Mesmo que seja estranho, seja você. Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro… mesmo que seja estranho, seja você. But i don’t care.

Para fechar a noite, a musa da infinita Miracema, Simone. “Quis uma música alto astral para levantar a casa”, declarou a craque. “Eva”, da Banda Eva, foi a escolhida. Evidente. Péra aí, já utilizei esse trocadilho lá em cima. Só sei que existe um céu para ela voar. Seja sobre o Rio, Beirute, Madagascar, Miracema ou Macaé. Além do infinito vamos voar.

Falei de 11 ensaios. Faltou um. Quem?

Ah, a Débora Fonseca. Péra aí! Esse não é o Grupo da Vida? Então ela é a legítima representante da morte nesse grupo. Tipo agente infiltrado. Ontem, ela demonstrou toda sua letalidade. Trouxe “João de Barro”, da Maria Gadú. Meu desafio é andar sozinho. João de Barro, te entendo agora. Ainda assim, torço para que essa música proporcione à Débora toda sua capacidade vocal. Para o grupo da vida, a escolha foi perfeita. Para a morte, é necessário que os corpos do IML se mexam.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shop giay nuthoi trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautiful